DRC Turismo - Viaje com quem gosta de viajar!

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 4 de maio de 2017

CLIA BRASIL apresenta pleitos do setor de cruzeiros marítimos para o presidente da Comissão de Turismo da Câmara

(CLIA BRASIL, 13/04/2017)

Na última semana, Marco Ferraz, presidente da CLIA BRASIL, foi recebido pelo novo presidente da Comissão de Turismo da Câmara, o deputado federal Paulo Azi, para uma reunião de apresentação dos pleitos do setor de cruzeiros marítimos no Brasil. Ao lado de Flávio Peruzzi, diretor de relações institucionais da CLIA BRASIL, Ferraz explanou em detalhes dados e gargalos do setor, com o intuito de obter mais apoio e melhorias para as próximas temporadas.

“A reunião foi muito produtiva. Além da melhora da economia, o Brasil precisa avançar muito em infraestrutura portuária e políticas que reduzam a burocracia, o excesso de tributos e os problemas de regulação para voltar a atrair as empresas armadoras e os passageiros. Paulo Azi já colocou a Comissão à disposição do turismo e espera uma atuação bastante alinhada com os representantes do Trade em seu mandato”, disse Ferraz, presidente da CLIA BRASIL.

Sobre a CLIA BRASIL

A CLIA BRASIL é a voz unificada e principal autoridade da comunidade global de Cruzeiros Marítimos. Como a maior Associação da indústria de cruzeiros, possui 15 escritórios no mundo todo, com representação nas Américas do Norte e do Sul, Europa, Ásia e Australia. A missão da CLIA é apoiar políticas e práticas que promovam um ambiente seguro, saudável e sustentável nos navios de Cruzeiros para os mais de 23 milhões de passageiros que viajam anualmente, bem como promover a experiência de viagem dos cruzeiros.

Seus membros, comprometidos com o continuado sucesso da indústria de cruzeiros, estão compreendidos entre as linhas mais prestigiadas do mundo em Cruzeiros Marítimos, Fluviais e de Especialidades; uma comunidade de agentes de viagens altamente treinados e certificados; e outros parceiros da indústria de cruzeiros, incluindo portos, destinos, desenvolvedores de navios, fornecedores, prestadores de serviços e operadores de viagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário